Concluído projeto de capacitação para professores da rede pública no Paraná

As capacitações para os professores foram realizadas de forma presencial e on-line

As capacitações para os professores foram realizadas de forma presencial e on-line

Comprometida em melhorar vidas nas comunidades onde atua, a Monsanto firma parcerias com instituições para projetos sociais com a finalidade de contribuir com a agricultura sustentável e as futuras gerações. Uma parceira é a Inmed Brasil, organização sem fins lucrativos, que desenvolve programas nas áreas de saúde, educação, esportes e cultura no Brasil há 21 anos. Cerca de dois milhões de crianças e oito milhões de pessoas já foram beneficiadas nas comunidades atendidas.

A Inmed Brasil, em parceria com a Monsanto, trabalhou em um programa de educação básica e suporte nutricional em seis escolas primárias de Andirá (PR), município em que a companhia mantém um centro de distribuição e logística. Foram beneficiados 1.600 estudantes da região. A iniciativa consiste na formação de professores com base em material elaborado pela Inmed Brasil em conformidade com os mais recentes padrões curriculares nacionais. Os treinamentos iniciaram em fevereiro de 2013 e foram finalizados em junho de 2014, melhorando os resultados de alfabetização dos alunos da região, além de trazer uma mudança positiva para a comunidade.

“Percebemos a importância de avaliar as necessidades mais urgentes e imediatas de cada escola para que essas questões pudessem ser resolvidas durante os treinamentos. Ao longo do programa, fomos incluindo temas  atualizados, como um recurso importante que ajudaria os docentes a melhorar seu ensino e desempenho com os alunos”, avaliou Gabriela Pen, diretora institucional da Inmed Brasil.

Capacitações

A capacitação para os professores se deu de forma presencial e on-line, incluindo discussões e atividades realizadas via redes sociais. “Um dado interessante observado ao longo do programa foi o grande envolvimento dos docentes com o grupo criado no Facebook, que também foi usado como um veículo para promover outras atividades escolares. Observamos que os professores responderam e participaram mais ativamente, desenvolvendo planos de aula e ajudando os alunos a acreditarem em seu próprio potencial”, afirmou Gabriela. De acordo com ela, em média, 96% dos professores participaram de cada treinamento presencial.

Para amplificar os resultados obtidos com o projeto, o município de Andirá institucionalizou o programa Ready to Teach, Ready to Learn (Pronto para Ensinar, Pronto para Aprender), de forma que todas as escolas da rede municipal agora participam de reuniões de planejamento e de monitoramento mensal, que antes eram realizadas semestralmente. “Isto representa um grande avanço em termos de institucionalização do programa e seus objetivos”, complementa Gabriela.

Além disso, a cidade também solicitou oficialmente que a Inmed Brasil expandisse o programa para pré-escolas. “Embora não tenha sido criado para abordar a educação pré-escolar, a cidade tem percebido a importância da formação de professores para alcançar os resultados de desenvolvimento dos alunos”, finaliza a diretora da organização.