Setor de hortaliças é um dos ramos que mais cresce na agricultura do país

Estima-se que o setor de hortaliças continue a crescer num ritmo de 4% a 5% ao ano

Estima-se que o setor de hortaliças continue a crescer num ritmo de 4% a 5% ao ano

De acordo com o 2º Levantamento de Dados Socioeconômicos da Cadeia Produtiva de Hortaliças no Brasil, o setor é um dos ramos do agronegócio que mais cresce no país. O estudo foi realizado pela Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas (ABCSEM) e lançado recentemente.

Para o presidente da Associação, Steven Udsen, as sementes com melhoramento genético foram fundamentais para o aumento da produção anual, que atingiu 19 milhões de toneladas. Além disso, dados da ABCSEM indicam que a área plantada de hortaliças tem se mantido estável nos últimos anos. Portanto, o crescimento da produção ocorreu por um aumento da produtividade em uma mesma área plantada. “Um dos grandes fatores para o aumento de produtividade no campo é o uso de sementes com melhoramento genético, que podem proporcionar ao agricultor vantagens como precocidade, tolerância a pragas, uniformidade de tamanho do fruto e concentração de colheita”, afirmou o presidente.

Udsen também atribui o crescimento do setor ao aumento do consumo de hortaliças por parte da população, que tem hoje mais acesso à informação sobre os benefícios de uma dieta saudável e equilibrada. Além disso, segundo ele, existe uma variedade maior e melhor de hortaliças nos supermercados, feiras e restaurantes, o que proporciona melhores ofertas para o consumidor.

Fernando Aranda, gerente de produto para a América do Sul da Seminis,divisão de hortaliças da Monsanto,  conta que o crescimento do setor refletiu diretamente no mercado de sementes. “Estamos ofertando produtos diferenciados e inovadores para o agricultor a fim de trazer mais produtividade e rentabilidade”, destacou. Segundo ele, a área de pesquisa e desenvolvimento da Seminis procura atender ao agricultor nos desafios que ele tem para produzir. “Com isso, trazemos produtos mais seguros, que agregam ainda mais valor ao negócio. Dessa forma, conseguimos ajudá-lo a suprir a demanda da população”, explica.

Estima-se que, nos próximos anos, o setor de hortaliças continuará a crescer num ritmo de 4% a 5% ao ano. O fato justifica-se, principalmente, pelo aumento do consumo doméstico desse tipo de produto. Para a Seminis, a projeção é acompanhar o crescimento do mercado e repetir os resultados dos últimos cinco anos, no qual dobrou a comercialização de sementes.